logo aprende brasil carregando

Blog

  • Compartilhe:
Notícias
10 de setembro de 2019

Por que trabalhar a cidadania em sala de aula?

Confira três dicas de atividades para desenvolvê-la com seus alunos

A cidadania é uma prática social que visa desenvolver solidariedade, igualdade e justiça. Ela se desenvolve com o exercício de direitos e deveres civis, políticos e sociais pelos cidadãos do país. Todas essas práticas estão previstas na Constituição e é a partir delas que é possível melhorar e transformar a organização social. A compreensão das responsabilidades sociais desde a infância contribui para a formação de adultos mais conscientes, e, por isso, promover a cidadania deve ser um dos objetivos da educação, como prevê a Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

As Ciências Sociais são a área de conhecimento que fornece a base para o aprendizado da cidadania. Ela trabalha o indivíduo como parte de uma sociedade que vai além do “eu”, e valoriza a coletividade. A compreensão de movimentos sociais, fatos históricos e pontos geográficos, por exemplo, gera entendimento sobre a evolução de leis e a mudança de limites territoriais. Esse aprendizado enfatiza a importância da participação dos indivíduos em transformações que favorecem a sociedade como um todo.

Mas apesar de essa área de estudo fornecer a base para uma compreensão ampla da cidadania, o ensino dessa prática deve ser contemplado por todas as áreas e principalmente pela instituição. É de grande importância demonstrar que a cidadania muda contextos sociais e esse aprendizado pode começar a fazer com que o aluno se sinta agente transformador da escola em que estuda. Quer saber mais? Confira três atividades que podem ajudar a desenvolver essa prática dentro da escola.

1. Rodas de conversa

Rodas de conversa podem ser incentivadas dentro da escola. Com elas, é possível trazer temas estudados em sala de aula para a vida real, ou ainda fornecer novos horizontes aos alunos. A ideia principal é estabelecer um diálogo entre pessoas que morem no bairro, ou conheçam outras realidades de interesse, e os alunos. Esse diálogo gera uma compreensão maior sobre a sociedade como um todo.

2. Feiras sobre empreendedorismo

O empreendedorismo é um tema de grande interesse dentro da sociedade atual. Que tal propor uma atividade em que, os alunos, em equipes, desenvolvam uma ideia empreendedora? Como regra, estabeleça que o empreendimento precisa propor também soluções sustentáveis. Dessa forma, é possível incentivar pensamentos inovadores e ensiná-los sobre a responsabilidade social que um empreendimento precisa ter.

3. Envolva os alunos na criação de regras

Crianças e adolescentes podem ter dificuldade em seguir regras quando elas são impostas. Por isso, envolver os alunos na criação das regras que valerão em sala de aula é uma ótima maneira de fazer com que exista uma maior compreensão da necessidade delas. Se a instituição não for de grande porte, é possível fazer uma assembleia para discussão das regras e os motivos pelos quais elas estão sendo votadas.