logo aprende brasil carregando

Blog

  • Compartilhe:
Notícias
4 de fevereiro de 2019

5 séries inspiradoras para discutir educação

Comédia, drama ou documentário, estas séries levantam temas importantes a serem debatidos na educação atual

Que tal aproveitar o finzinho das férias para começar, ou quem sabe maratonar, algumas séries que abordam temas importantes relacionados ao universo educacional? Várias produções têm inserido em suas histórias temáticas que contribuem para uma discussão a respeito dos desafios encontrados na educação atual, como o bullying, o racismo e as desigualdades. Como sabemos que é sempre muito bom aprender enquanto se consome entretenimento, preparamos uma lista com cinco sugestões, de diferentes gêneros, que valem a pena ser vistas por quem trabalha com educação. Confere só!

Merlí

Produzida na Catalunha, Espanha, Merlí retrata a história de um professor de Filosofia, que dá nome à série, e tem métodos pouco convencionais para lecionar. Com um estilo irreverente, ele foge das aulas tradicionais, inspirando e fazendo com que seus alunos do Ensino Médio tenham maior interesse e se aproximem mais dos conteúdos estudados. Bem humorada, apesar de contar também com momentos mais dramáticos, a série aborda os desafios enfrentados pelos jovens de hoje e mostra como é importante que o professor consiga trabalhar a matéria de uma forma que dialogue com a realidade do aluno. Onde assistir: Netflix. Classificação: 12 anos.

O começo da vida

Esta é uma série documental para se aprofundar mais no universo da Educação Infantil. Contando a história real de famílias de diversas partes do mundo, a produção brasileira aborda a importância dos primeiros anos de vida na formação de cada indivíduo. Dividida em seis episódios e tendo como base os avanços na tecnologia e na neurociência, O começo da vida avalia como o ambiente influencia as crianças e como elas podem afetar o nosso futuro. É um relato sobre desenvolvimento infantil que abrange os estágios de aprendizagem, a importância da interação com adultos e os desafios de se tornar pai e mãe. Onde assistir: VideoCamp e Netflix. Classificação: 10 anos.

Cara gente branca

Esta série estadunidense retrata a realidade de alunos negros de uma conceituada universidade nos Estados Unidos. A narrativa mostra como esses estudantes precisam se organizar para enfrentar o desrespeito e a política evasiva e sem regras definidas da escola que, infelizmente, está longe de ser pós-racial. É uma boa sugestão para quem quer entender melhor e analisar novos pontos de vista a respeito da questão racial, considerando, especialmente, a perspectiva da juventude. Onde assistir: Netflix. Classificação: 16 anos.

Anne with an E

Baseada no livro infantojuvenil Anne de Green Gables, da escritora canadense Lucy Maud Montgomery, esta série conta, com muita sensibilidade, a história de Anne Shirley, uma jovem órfã adotada por engano por dois irmãos idosos que moram no interior. Mesmo após uma infância de abusos entre orfanatos e casas de estranhos e dos desafios que tem que enfrentar para ser aceita, como o bullying e o preconceito, Anne é uma garota apaixonada pela vida que contagia as pessoas ao seu redor com sua energia e forma de ver o mundo. Onde assistir: Netflix. Classificação: 12 anos.

Daughters of destiny

Com apenas quatro episódios, Filhas do destino, em tradução livre, é uma série documental sobre a realidade de cinco meninas de algumas das comunidades mais pobres da Índia. A produção acompanha a jornada dessas jovens que, buscando um futuro melhor, estudam em um colégio interno criado pela ONG estadunidense Shanti Bhavan para gerar oportunidades. Apresentando um grande exemplo de uma iniciativa que deu certo, a série mostra como a educação é essencial para transformar a vida das pessoas para melhor. Onde assistir: Netflix. Classificação: 10 anos.