logo aprende brasil carregando

Blog

  • Compartilhe:
Notícias
3 de outubro de 2018

5 filmes que mostram a diferença que um professor pode fazer na vida de um aluno

Professores da ficção que inspiram!

Todo mundo tem um professor que nunca esqueceu, certo? Seja aquele que ouviu e ajudou de alguma forma em um momento que você precisava ou que tinha um jeito de ensinar diferente que encantava. O fato é que, não raramente, esses profissionais vão além das suas atribuições e acabam fazendo, efetivamente, a diferença na vida de seus alunos, contribuindo não apenas para a formação acadêmica, mas para a emancipação, o crescimento e o amadurecimento de cada um. Aproveitando que outubro é o mês dedicado a homenagear esses mestres, preparamos uma lista com sugestões de filmes que contam histórias inspiradoras sobre eles. Junto com as dicas, anote também: valorizar e agradecer os bons professores que temos ou já tivemos é uma lição de casa para a vida toda!

Escritores da liberdade

Gruwell (Hilary Swank) é uma jovem professora que chega a uma escola de um bairro pobre. A escola está corrompida pela agressividade e pela violência. Diante de alunos que vivem em um ambiente com constante tensão racial e se mostram rebeldes e sem vontade de aprender, ela aposta em métodos diferentes de ensino para fazer com que eles aprendam e também falem mais sobre suas complicadas vidas. Aos poucos, os estudantes ganham a confiança em si mesmos, passando a aceitar mais o conhecimento e a reconhecer valores como tolerância e respeito ao próximo. Classificação indicativa: 12 anos

Entre os muros da escola

Professor de língua francesa em uma escola de Ensino Médio na periferia de Paris, François Marin (François Bégaudeau) e seus colegas professores buscam apoio uns nos outros para vencer o descaso e fazer com que os alunos aprendam algo durante o ano letivo. Com estudantes problemáticos, ele precisa lidar com complicadores, como a violência e as tensões étnicas, que acabam testando sua paciência e, acima de tudo, sua determinação como um educador. Classificação indicativa: 12 anos.

Ao mestre, com carinho

Depois de ficar desempregado, o engenheiro Mark Thackeray (Sidney Poitier) passa a lecionar em Londres. Em uma escola no bairro operário de East End, ele, que é negro, começa a ensinar alunos majoritariamente brancos e indisciplinados. Acostumado com hostilidades, ele surpreende os adolescentes, pois não se amedronta e aceita o desafio de ensinar a turma. Tratados com respeito, os estudantes  abandonam o comportamento hostil e se afeiçoam ao mestre que, então, precisa decidir se segue como professor ou volta à antiga profissão. Classificação indicativa: 12 anos.

Mentes perigosas

Ex-oficial da Marinha, LouAnne Johnson (Michelle Pfeiffer) abandonou a vida de militar para ser professora de inglês. Em uma classe de jovens rebeldes, os métodos convencionais de ensino não funcionam e ela decide, então, inovar e trazer para suas aulas assuntos relacionados ao universo dos alunos. Usando desde caratê até músicas de Bob Dylan, ela consegue atingir seus objetivos e mostrar que é possível repensar as práticas pedagógicas. O filme é inspirado em uma história real. Classificação indicativa: 14 anos.

Preciosa: uma história de esperança

Discriminada por ser negra e obesa, Clairee “Preciosa” Jones (Gabourey Sidibe), de 16 anos, é violentada pelos pais e vive privada de uma série de direitos. Quando está grávida pela segunda vez, vítima de um abuso, ela é expulsa de sua escola e vai para outra instituição de ensino, e é aí que tudo começa a mudar. Lá, ela conhece a sra. Rain (Paula Patton), a primeira pessoa que acredita nela e enxerga seu valor. É com o incentivo da professora que “Preciosa” passa a expressar o que sente e a enfrentar os desafios de sua vida. Classificação indicativa: 16 anos.